26.7.13

Eu, tu e uma tenda

Vem fugir comigo. Para um sitio sem rumo, desde que esteja contigo nada mais importa. E se chover e estiver frio? a gente abriga-se um no outro, os nossos corpos alimentam-se do amor um do outro. Eu, tu e uma tenda, adorava ter essa experiência contigo. Já não dizia durante muito tempo, mas um mês inteiro assim contigo, longe de tudo e todos, num monte ou então numa praia escondida. Uns alimentos e umas mantas, aqueciamo-nos com o calor do nosso corpo juntos e adormeciamos agarrados, parece-me perfeito e a ti?

2 comentários:

PauloSilva disse...

Também quero fugir de tudo, fugir e ficar sem nada, com quem me é tudo ♥

- Inês disse...

Acho que ele ia adorar :)